Aumento de impostos também em Ontario

>> 15 de maio de 2010

Eu já tinha comentado aqui sobre o novo orçamento de Québec e os impactos do aumento dos impostos e a taxação no sistema de saúde. Acontece que várias províncias também apresentaram os novos orçamentos e, como Gatineau fica ao lado de Ottawa, um detalhe do novo orçamento de Ontário me chamou a atenção: a partir de 1º de julho entrará em vigor a HST - Harmonized Sales Tax, que faz parte do Ontario's Comprehensive Tax Package, anunciado no ano passado. Este novo imposto veio para juntar as taxas federal e provincial que são cobradas sobre produtos e serviços. Para quem não sabe, no Canadá há um imposto federal cobrado sobre diversos produtos e serviços e as províncias têm também um imposto local (exceto Alberta). Esta idéia de unificar as duas cobranças em uma única taxa não é nova e é o mesmo sistema que já é adotado por Newfoundland & Labrador, Nova Scotia e New Brunswick desde 1997.

Hoje em Ontario paga-se o imposto provincial Ontario Retail Sales Tax (RST) que é de 8%, mais o imposto federal Goods and Services Tax (GST) que é de 5%. A nova HST que entrará em vigor a partir do dia 1º de julho vai cobrar os 13% em uma única taxa. Essa simplificação não deve alterar o preço final da maioria dos produtos e serviços, mas, a maioria dos itens antes livres do imposto provincial será taxada com a HST.

Alguns exemplos dessas mudanças estão listados abaixo:
Produtos e serviços antes isentos do RST que passarão a ser taxados com a HST - gasolina, energia elétrica, cigarro e alguns serviços como cabelereiros, mensalidades de clubes e academias, assinaturas de jornais e revistas, tarifas de taxi, serviços de arquitetos, contadores advogados e corretores de imóveis.
Produtos que continuarão isentos da parte provincial do HST - roupas e calçados infantis e calçados, fraldas, cadeirinhas de infantis para automóveis, produtos de higiene feminina e livros.
Produtos que estarão completamente isentos do HST - mantimentos básicos, aluguel, taxas de condomínio, medicamentos e equipamentos médicos.

Pelo que li, os economistas afirmam que, apesar do impacto inicial do aumento do preço pago pelo consumidor final em alguns produtos, a nova taxa vai reduzir a burocracia, aumentar a competitividade e estimular o crescimento da economia ao reduzir o custo de taxas administrativas. Mas não dá para ficar iludido, o custo de vida também deve subir, apesar das medidas do governo para ajudar famílias de baixa renda, como isenção de impostos e ajuda de custo em alguns casos específicos.

Para saber exatamente quais são os produtos que sofrem mudanças em taxações a partir do dia 1º de julho, esta listagem do Governo de Ontario que recebi por e-mail pode ser bastante útil. Para saber mais sobre o novo pacote orçamentário, escrevi este texto a partir daqui: Fonte 1 / Fonte 2 / Fonte 3.

2 comentários:

Bea, Glau & Juju 15 de maio de 2010 17:40  

tá virando moda essa coisa de aumentar imposto daqui, dali... modifica um "cadim" aqui e acolá... esse negócio sempre sobra pro nosso bolso né? =/

César, Valéria, Lara e Anaclara 17 de maio de 2010 11:20  

Chegaremos em julho em BC pra entrar na HST também.

E a vida segue...

  © Free Blogger Templates Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP