TFI - Test de Français International

>> 20 de junho de 2011

Sábado foi o dia de fazer o TFI, que, como tinha comentado, foi oferecido gratuitamente pelo MICC aos ex-alunos da francisação. Por alguma razão eu achava que o teste, que estava marcado para 10h, começaria às 13h, o que me obrigou a correr enlouquecidamente e chegar totalmente esbaforida para o exame. Ainda bem que ainda assim consegui chegar a tempo! De qualquer forma, acho que posso passar minhas impressões de uma forma relativamente impessoal para ajudar outros futuros candidatos.

Ao contrário dos outros testes de idiomas que fiz, dessa vez não tive tempo e nem energia para estudar, fazer simulados e pesquisar muito sobre o exame. Ainda assim, não achei as questões difíceis. O que pega é que a prova é longa (180 questões) e o tempo é bem curto (1h50), então acaba sendo bem cansativo. O teste é dividido em duas partes: a primeira é de compreensão auditiva e a segunda é a parte de leitura. Todas as questões são de múltipla escolha e não há teste oral. Como bem disse o aplicador do nosso teste, há questões muito fáceis no início, de nível intermediário, difíceis, e impossíveis no final rs...

Compreensão auditiva
As primeiras quarenta questões têm apenas três opções de escolha e são relativamente simples, para responder uma pergunta sobre o que foi ouvido. Nessas não há enunciado e nem nada escrito no livro de prova, é só marcar as respostas direto. As seguintes vão complicando e no fim ouve-se um diálogo ou texto longo pra responder duas ou três questões seguintes. Sugestão: sempre que o tempo der, ler o enunciado e as questões antes de ouvir o texto. O teste é corrido, não há pausa. Ouve-se o texto de uma questão, marca-se a resposta e em seguida já é liberado o áudio da questão seguinte. Então, ajuda muito tentar ler o enunciado e as alternativas antes de ouvir o áudio, para já saber procurar a resposta. Atenção: nem todas as respostas são óbvias, na verdade a maioria delas é de interpretação acerca do que foi dito.

Leitura
Aqui há também tipos diferentes de questões. A primeira parte é para encontrar o erro em frases ou pequenos parágrafos. A seguir entra a parte de interpretação. São dados textos, cartas, anúncios ou mensagens para responder uma, duas ou três perguntas. A atenção ao tempo é fundamental já que há menos de um minuto para responder cada questão. Aqui há uma coisa que teria feito diferente: eu começaria a prova pela parte de interpretação de texto para depois seguir para a correção dos erros gramaticais. Acho que assim ia aquecendo o francês e ficaria mais fácil identificar os erros nos textos depois.

Agora é aguardar o resultado, que só sai em meados de agosto. Seja lá qual for o meu score, foi um bom exercício, mesmo que depois pense em repetir o teste!

Links oficiais

4 comentários:

Nossa Terra Prometida 20 de junho de 2011 12:49  

Oba! O post que eu estava esperando!! Como eu tinha comentado antes, estamos pensando em fazer por aqui, por mais que seja pago (e mais caro que aí!aff). Para nós é uma forma de criar uma meta de estudo, e de alguma forma, ocupar a cabeça nessa longa espera dos exames...
Caso vc tenha alguma dica extra, ou qualquer coisa que ajude no teste, será bem-vindo!!!
Obrigada!!!

César, Valéria, Lara e Anaclara 21 de junho de 2011 03:30  

Com certeza, você vai tirar de letra minha amiga.

E a vida segue...

Around Myself 23 de junho de 2011 20:59  

po Patiii

Eu tmb concordo com o Cesar.
Acho que vc vai tirar uma boa pontuacao...=P

bjus
Ninha

www.brunahuguenin.blogspot.com

Pat et Du 23 de junho de 2011 21:49  

Oi Pati!

Tenho certeza que vc foi super bem na prova! =)

Estou a mil com os planejamentos, pois se o nosso visto vir até agosto/setembro, tem uma chance da gente ir pra aí esse ano ainda. Estou hiper ansiosa! rs

Um bjão pra vc e pra filhota!

Pat

  © Free Blogger Templates Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP