Vivendo o presente

>> 10 de maio de 2010

[imagem]

Eu estava com saudades do futuro. Muita saudade. Cansada de um estilo de vida que não me agrada e ansiosa com a mudança, ficava um bom tempo pensando em como seria a nossa vida em outro país. Pensava em todas as coisas que teria que resolver na chegada, fazia mil e uma listas, pensava nos novos amigos, na possibilidade de um novo emprego. Sonhava com a nossa casa, a escolha dos móveis e, por que não? Sonhava até com o nosso bebê a caminho. Sonhava com coisas simples, como caminhar nos parques e descobrir novos restaurantes preferidos, uma nova igreja. E enquanto pensava nisso tudo, ficava irritada com a apatia do consulado que resolveu emperrar tudo justamente na nossa vez de entrarmos com o processo de imigração e atrasar todos os nossos preciosos sonhos.

Mas acontece que quanto mais penso no futuro, menos vivo o presente. E descobri que não posso jogar fora dois, três ou quatro meses da minha viva só projetando o que pode acontecer lá adiante. HOJE e eu moro no Brasil, em Brasília com todas as coisas que amo e odeio. E HOJE não há muito o que possa fazer para mudar essa realidade, porque nossa parte já fizemos quando mandamos o envelope com todos os nosso sonhos para aquele consulado, ou quando decidimos tentar também o work permit... Sonhar é muito bom, mas estava vivendo algo que ainda não tenho, então estava ficando prejudicial e pouco produtivo. Estive refletindo sobre isso durante toda a semana passada e decidi que o melhor é tentar viver o meu presente, o meu HOJE, da melhor maneira que conseguir. Porque seja como for e quando for, tudo indica que uma hora o Canadá vai chegar e nós teremos todos os dias da nossa vida pela frente. Mas o meu HOJE quando acabar, não volta nunca mais...

-----
"Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida?"
"Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal." Mt 6:27 e 34

15 comentários:

Tissy 10 de maio de 2010 16:38  

Patita,

fico feliz pela sua sensatíssima colocação, de fato, uma posição muitíssimo coerente com quem tem sua vida entregue nas mãos do Pai. Melhor ainda que viver o presente e confiar que o amanhã "literalmente" a Deus pertence (quando entendemo seus propósitos podemos falar isso tranquilamente de coração), é saber que o nosso tempo, o tempo de Deus, é o da eternidade, que enquanto por aqui estamos, vivamos o melhor de cada dia, confiando que cada dia da nossa vida foi especialmente planejado e cuidado pelo nosso Deus, e desprezar isso, é realmente, não depender dele e não confiar que Ele sempre tem o melhor pra nós, em todas as circunstâncias da nossa vida. Ia escrever um post sobre isso. Mas ainda bem que vc já fez e certamente abençoará muitas pessoas. ;-)
Deus os abençôe e fiquem com Deus. Contem com nossas orações.
Um grande beijo,
Tissy e Jean.
http://searacanada.blogspot.com/

César, Valéria, Lara e Anaclara 10 de maio de 2010 16:41  

Pra nós foi um pouco diferente porque após recebermos os passaportes com os vistos em dezembro, o presente passou a ser o nosso futuro no Canadá com tantas coisas pra cuidar. Mas antes disso, tentamos viver normalmente. É a melhor coisa a fazer.
Curiosidade: você conseguiu falar com o pessoa do Por onde quer que andares...?

E a vida segue...

merciquebec 10 de maio de 2010 16:59  

oi Paty,
estou com esse mesmo sentimento, preciso viver o presente e deixar pra viver o futuro quando ele chegar...q exercício difícil né?...bjoka. super semana pra vcs=0)

Tatiana 10 de maio de 2010 18:40  

Ola Patty! Te entendo perfeitamente! Mas tdo acontece na hora certa, n se preocupe! :) Bjs!!!!!

Iah e Deco 11 de maio de 2010 00:08  

querida, eu achei MUITO lindo esse seu post e é uma grande verdade. tô vendo que geral tá pirando com tudo isso sendo que é essencial viver o aqui e o agora. ficou muito bom e acho que todos que estão na espera deveria lê-lo :) abraços floridos.

Florence 11 de maio de 2010 11:56  

É isso msm Paty!! Temos que viver o momento sempre!

Vc fez uma análise mto sensata!

Continue com seus sonhos e com seus planejamentos, eles são muito importantes! Mas não deixe msm de ser feliz enquanto não alcança seu objetivo!

Daqui a pouco quando vc perceber já estará indo!
Ns veremos lá!!

Abraços,

Florence

Nanda e Junior 11 de maio de 2010 15:01  

Isso mesmo Paty, o Senhor é que cuida do nosso hoje e futuro, sei que ansiedade é imensa mas se aprendermos a depender dele tudo fica melhor, em breve esse blog terá várias fotinhas da nova casa, novo bairro, novas aventuras, novo trabalho, compras, enfim nova vida.
Estamos na torcida por vcs!

Bea, Glau & Juju 11 de maio de 2010 15:23  

Nossa Pati, me emocionei com seu post :(

A gente pensa tanto nesse danado de canadá que esquece de aproveitar o presente com as coisas que temos por aqui.

Lindo post. Adorei!

Bjos

Carol e Luciano 11 de maio de 2010 17:14  

Gostei muito do seu post, parabéns pela sua coerencia e sem dúvida persistência, é assim que a gente consegue o que quer :)
Quanto ao plano de saúde voce pode ver um post que fiz sobre isso antes lá no blog, na epoca o custo foi 102 dol por pessoa/90 dias. Aqui o link para o blog: http://minhaneve.blogspot.com/2010/01/plano-de-saude.html
Qualquer coisa que precisar me avisa, (quase) vizinha! ;)
BJs

Anônimo 12 de maio de 2010 09:30  

Olá!!
Obrigada por sua resposta lá no grupo sobre a demora na espera por exames médicos, estou há 5 meses. E vamos esperando não há o que fazer, tem dias que estou calma, outros agitadissíma, outros conformada, outro esperançosa...
ainda por cima trabalho no mesmo prédio que o consulado, então todos os dias entro no saguão e vejo lá algumas pessoas esperando na recepção do consulado...sempre fico pensando: será que chegou a vez deles?
Já conhecia o seu blog, das andanças que a gente faz pela net em busca de informações
O meu é:www.diariodeumavidaestrangeira.blogspot.com
Boa sorte para nós!
Abraços!
Vanessa

Pat 12 de maio de 2010 23:28  

Pati!
Perfeito o post! É realmente difícil essa nossa vida dupla, de estar "aqui" porém sempre pensando "lá"... Principalmente quando estamos tão insatisfeitos com as coisas por aqui...
Estou bem longe de chegar lá e já acho difícil isso, fico imaginando vc que já tá com um pé lá praticamente!! rs
Beijos!!
Pat

Anônimo 13 de maio de 2010 21:50  

May I suggest you a book by Bruce Wilkinson - The Dream Giver... It was available on Itunes for very little money.. It is totally worth.. and It has a lot to do with what you wrote here...

P 14 de maio de 2010 10:34  

é muito difícil mesmo a vida dupla. a gente não fica aqui, mas também ainda não está lá...
eu não consegui viver 100% meu presente. mas abri mão de coisas como o francês e planejamentos e me entreguei mais às curtições com as pessoas queridas. funcionou. que seu planinho também funcione bem!!

Patitando 15 de maio de 2010 16:39  

Respondendo por aqui o que não deu para responder por e-mail ou nos blogs... Obrigada a todos pelos comentários. Anônimo, obrigada pela indicação do livro.
Abraços!

  © Free Blogger Templates Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP