Quase imigrantes

>> 16 de março de 2010

                [imagem]

:::: Você sabe que é um quase imigrante canadense quando...

- O carteiro / porteiro foge todas as vezes que te vê.
- Você vai atrás dele de qualquer jeito e ele já vai respondendo logo: "não, não chegou correspondência do Consulado para o senhor hoje não..."
- Não satisfeito, você obriga o moço a dar mais uma conferida nas entregas só para ter certeza...
- Você pára de consertar qualquer coisa em casa. Por que gastar dinheiro com isso se daqui a pouco você está se mudando?
- Aliás, você passa um bom tempo pensando em como engordar a sua poupança, já que vai precisar levar a maior quantidade possível de reservas.
- Visita obsessivamente o E-cas e a página de timelines do Ultranol na esperança de ver algum sinal de notícias, mesmo sabendo que não são fontes totalmente exatas.
- Você achava que a Maria João era algum tipo de oráculo, se irritava com as respostas monossilábicas que ela dava, mas agora que ela saiu do consulado, acha que a eficiência dela deixou saudade...
- Fica tentando imaginar como será a cara do seu oficial de imigração e gostaria de saber porque ele demora tanto para dar alguma decisão sobre o seu processo.
- Os seus amigos se dividiram em dois grupos: os que te apóiam e os que acham que você ficou maluco (pensando bem o segundo grupo nem é tão amigo asssim, certo?).
- Entre os amigos que te apóiam, todos disseram que vão te visitar no Canadá, como se fosse ali na esquina, mas você quer muito acreditar que seja verdade!
- Você não vai tirar férias, mas passa a entender tudo sobre malas e especificações das companhias aéreas.
- Você já começou a pensar em quanto vale cada um dos seus móveis, livros e eletrodomésticos e já vai pensando em como organizar o seu bota-fora.
- Passa mais tempo visitando sites do Canadá e da sua futura cidade do que do Brasil.
- Acha que é melhor começar a entender mais sobre política no Canadá para tentar esquecer o cenário vergonhoso que temos tido por aqui.
- Se pergunta constantemente se está tomando a decisão certa e como vai ser ficar longe da sua família e amigos.
- Consulta o calendário para ver os feriados do ano lá no Canadá e não aqui no Brasil.
- Aprende a converter mentalmente valores em reais para dólares canadenses mesmo que continue gastando em reais aqui.
- Faz mil e uma listas de tudo o que precisa ser resolvido antes da sua partida e tem certeza que vai acabar se esquecendo de alguma coisa.
- Por mais que pesquise, não consegue entender o processo burocrático de declarar sua saída definitiva do país e esperava que pelo menos essa parte fosse mais simples...
- Acha que está virando algum tipo de mestre na arte da paciência e aprende a conjugar o verbo esperar em todos os tempos verbais possíveis, tanto em inglês quanto em  francês.
- Fica muito feliz quando encontra outras pessoas no mesmo barco porque sabe que elas conseguem te entender muito bem!

E então, sou só eu que sou maluca ou vocês também já passaram / estão passando por isso?

24 comentários:

Bea 16 de março de 2010 16:20  

Hahahahhhahaha... muito bom!!!!

Já passei por tudo isso e em alguns tópicos continuo passando!!! :p

Beijos!

Igor (Projeto Canada 2012) 16 de março de 2010 16:45  

hehehehe muito bom!!!
Não estou tão dentro da lista ainda !!! Se pensar assim agora não consigo nme resolver o que preciso no momento hehe
Muito bom o post ;)

Sabrina e Henry 16 de março de 2010 17:33  

Sou muuuuuuuuuuuuuuuuuito maluca!!!! Hahahahaha - adorei! Posso dar um ctrl c / ctrl v para meu blog??? hahaha

Bjocas

Nê & Lelê 16 de março de 2010 17:49  

Oieee!

A-DO-REI esse post!!!! Me identifiquei mto com ele!!!!

Bjinhuss

Ilha e Bibi 16 de março de 2010 18:38  

Isso sim é o retrato dos "Quase-imigrantes". Muito bom!!!!
bjs
Bibi

merciquebec 16 de março de 2010 20:26  

hahaha muito bom! descreveu direitinho!! bjokas=0)

Claudia Castro 16 de março de 2010 22:24  

Patricia.. seu post ficou muito bom...ainda estou no começo dessa jornada.. mas já me identifico com ele..

bjos

Juliana 16 de março de 2010 22:56  

hehehe

Excelente!!!

Me identifico totalmente!!! Hoje mesmo tive um momento "tem alguma correspondencia para mim??" com o carteiro...

Flá 17 de março de 2010 08:53  

Nossa, muito igual! hahaha

Cristiano Leonel 17 de março de 2010 10:36  

Ei... tah falando de mim eh??? hehehe
curti demais!!! to nesse barco!!!!

Josafá e Bianca - Anunciando as Boas Novas! 17 de março de 2010 11:05  

ADoreiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!! Está perfeito...kkkkkk....
Vou colocar no meu blog tb ok? hehehehe....
Bjs!!
BIANCA

César, Valéria, Lara e Anaclara 17 de março de 2010 13:17  

Que atire a primeira pedra quem nunca passou por tudo isso. Hahahaha.

E a vida segue...

pantoute 17 de março de 2010 14:36  

Tirando a parte da espera pelas cartas do consulado, fase que já ultrapassamos, o resto é bem isso... Não gosto dessa fase de transição, esse vai não vai... argh!

Anônimo 17 de março de 2010 14:55  

é bom saber q tem neuroticos q nem eu.
hehehehehe
Bjs
Emilia

Sabrina e Henry 17 de março de 2010 16:27  

Pati tive que adicionar um item - me ocorreu muito e nos últimos meses/dias tem ocorrido com frequência!

"- Sonha quase todas as noites com o carteiro te entregando uma carta do consulado, ou com o tão esperado telefonema da Maura dizendo que seu passaporte está pronto."

Imagino que não aconteça só comigo!

Bjocas
Sabrina

Karol Britto 17 de março de 2010 22:32  

Patitando,
Adorei o seu blog!
Super cute! :)

Tô passando pra dar um Oi! :)

Abraços!

Bea 18 de março de 2010 14:31  

oi Pati, obrigada pelo comment. Nossa, meu final de semana vai ser muuuuito bom!!!! :D

Hj à tarde vou no médico pegar as guias e fazer os exames amanhã mesmo!!!

Bjos!

Leandro.. ou Teks 18 de março de 2010 18:24  

hahaha adorei!
Me identifiquei totalmente! =)

Nanda&Junior 19 de março de 2010 12:46  

Essa questão das critícas dos amigos é ótima, nossa como sintimos falta de compartilhar as experiências...Sem contar aqueles que perguntam pq não fazer concurso público...affff

Alice no País das Maravilhas 30 de março de 2010 11:42  

Este post resume quase que exatamente o que estamos vivendo! Posso colocar o link dele no meu blog?
Beijo

Taís e Alfredo 31 de março de 2010 14:05  

Estou aqui rindo sozinho, faz 5 minutos que o carteiro passou, e eu estava na varanda na expectativa de ele ter algo para nós, risos, ele me olhou e passou de largo não querendo assunto.
Pior ainda é que hoje mesmo eu estava conferindo os feriados no Canadá, pode? risos.
Ótimo post, parabéns!
Alfredo.
http://nosaquinocanada.blogspot.com

Lupatinadora 31 de março de 2010 16:05  

- Mentalmente por preço em tudo da minha casa - SIM
- Ficar com raiva de ter que consertar a secadora sabendo que vai ser vendida em pouco tempo - SIM
- Olhar insistentemente o site da universidade (no nosso caso) para ver se o status mudou - SIM
- Saber tudo sobre malas e limite de bagagem - SIM
- Converter o preço pra dólar - SIM - acabei de voltar do Pão de Açúcar e converti mentalmente todos os preços!

...além de outras doideiras que só quem está passando por isso sabe como é

Guigo e Ilsa 16 de abril de 2010 11:01  

Amiga,esse post está muito engraçado, principalmente por nos vermos incluídos em cada item. Vida de imigrante não é nada fácil, não é? E eita verbinho q eu não aguento mais "ESPERAR". Tô ficando doida! Beijão. Espero dar boas risadas com vc em Gatineau!

Cindy 14 de março de 2011 13:25  

Oi Pati

Sou a Cindy e adoro o seu blog. Já estou seguindo ha algum tempo.

Nós também estamos com o processo de imigração tramitando.

Eu li este post e achei muito legal. Quero pedir autorização para coloca-lo no meu blog (www.demalaecuiaparatoronto.blogspot.com).

Bjs
Cindy

  © Free Blogger Templates Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP