Notícias Aleatórias

>> 11 de junho de 2011

- Estou indo passar uns dias no Brasil no final de agosto. O marido fica por causa do trabalho e vai ter a Pucca como companhia. Iremos eu Isabella, as malas, o carrinho, o car seat e toda a tranqueira que um bebê envolve. Estou bastante animada porque (1) quase ninguém da família conhece nossa fofurinha, (2) vai ser uma delícia rever a família e os amigos e (3) depois de mais de um ano fora, estou curiosa para ver como vai ser pisar na terrinha de novo. Marquei a viagem nessa data porque vou ser madrinha de uma amiga muito especial, então vai ser uma época de muitas comemorações!

- Eu sei que é lugar comum falar do tempo no Canadá e não é novidade para quem já está aqui há algumas estações, mas eu tenho achado maravilhoso acompanhar de perto essas mundaças climáticas tão definidas. Adorei o outono, achei o inverno branquinho lindo (mas quando acabou já foi tarde) e a primavera foi fantástica com tanta explosão de cores. Agora vem chegando o verão e já tivemos amostra do calor que nos aguarda. Não há monotonia por aqui!

- Os ex-alunos da francisação presencial foram convidados a fazer gratuitamente um teste de francês chamado TFI (que na verdade custa $80). Não sei se é a primeira vez que o governo subsidia essa prova e nem se será algo recorrente, mas para quem termina o curso é interessante pensar nessa possibilidade. É um plus a mais no currículo e é uma forma "oficial" de atestar o nível de francês, principalmente para quem pensa em trabalhar no governo. Eu já fiz DELE, IELTS e TCF-Q, então fiquei bem feliz com a oportunidade. Espero conseguir estudar e ter uma boa pontuação. Veremos...

- O dia dos pais aqui é comemorado no terceiro domingo de junho. Esse vai ser o primeiro dia dos pais do Flávio e meu primeiro dia dos pais longe do meu. O presente do maridão ja está garantido e espero que possamos fazer algo especial nessa data. Mas eu tenho passado os últimos tempos meio melancólica e pensando nesse ano que passei longe do meu pai, e em todos os anos que ele esteve doente e mal pode acompanhar o quando nossas vidas mudaram nesse período. Eu sei que ele seria o primeiro a incentivar a nossa mudança, sei que ele se alegraria imensamente com a chegada da netinha e que ia vibrar quando a segurasse no colo pela primeira vez. Mas hoje ele está lá, na cama e é só um flash do grande homem de já foi. Dói muito. E mais que isso, a saudade é grande demais.

- Assim como na época de pesquisas para o processo de imigração eu reuni bastante informação e publicava tudo por aqui, tenho lido muito sobre maternidade e tenho bastante para compartilhar sobre a realidade materna aqui no Canadá. Eu sei que esse blog não é exclusivamente sobre isso, mas há interesse? As coisas foram mudando tanto ao longo dos últimos meses que eu nem sei mais qual é o perfil de quem acompanha o blog. Se houver interesse eu crio uma seção nova para ir publicando meus achados.

- Por falar em maternidade, obrigada por todas as dicas sobre o soninho da Isabella, é sempre bom ouvir conselhos e ter apoio de quem já passou por isso. Temos a nossa rotina por aqui e sei que eventualmente as coisas acabam se ajeitando. Pode deixar que quando eu conseguir dormir uma noite inteira eu volto aqui para contar e comemorar!

19 comentários:

Anônimo 11 de junho de 2011 10:09  

Acho melhor separar maternidade e Canadá.

Anônimo 11 de junho de 2011 12:39  

Acho que pode colocar os dois no mesmo blog. Acampanho anonimamente há bastante tempo e gosto de ler o que acontece, seja com maternidade ou com Canadá, porque agora os dois estão juntinhos na tua vida, né? E falar de maternidade é falar de canadá também, pois você está no Canadá! Você é tão organizada... acho que separando bem as tags e categorias não tem problema... quem não quiser ler maternidade só vai nas tags que lhe interessa. Um beijo e tudo de bom nos preparativos pra viagem!

Gardene 11 de junho de 2011 13:14  

Paty, continue escrevendo sobre qualquer coisa que lhe vier à cabeça. Você escreve muito bem e gosto de ler tudo. Como estou indo para o Canadá com dois filhos pequenos, qualquer coisa que você escrever sobre maternidade aí será muito interessante.

Ah! Meus passaportes com vistos chegaram hoje. Estou muito feliz!

Beijos!

Gardene

Dani 12 de junho de 2011 00:34  

Ola!! Obrigada pelo apoio! Bom saber q esse meu probleminha na gestacao eh algo bem comum.
Semana q vem (final da 31a semana) farei uma ultrassom pra ver como estao as coisas... Espero q normalize!
Qto aos assuntos do blog, o meu tb comecou mais focado com o tema imigracao, mas hj em dia escrevemos o q temos vontade!
Super apoio vc escrever sobre maternidade, assim terei alguem com quem trocar figurinhas!!

Um bjo
Dani

Lila 12 de junho de 2011 11:09  

Oi Pati! Acompanho sempre seu blog e adoro a maneira como escreve e organiza as coisas por aqui. Acho que não precisa separar não... pq afinal de contas as duas coisas agora estão juntinhas na sua vida... não sou mãe ainda, mas pretendo ter meu bebê aí no Canadá, estamos indo lá pra outubro e adoro ler sobre o assunto vivenciado por você.
Um abraço!
Lila

SonhoComCanada 12 de junho de 2011 23:32  

já faz mais de 1 ano que vocês estao em solo canadense ? Nossa !

que essa vinda ao Brasil seja bastante especial !
tudo de bom sempre !

abraços;
Catherine
http://meetyoutherecanada.blogspot.com/

César, Valéria, Lara e Anaclara 13 de junho de 2011 04:19  

Uma super viagem pra vocês. Aproveitem bastante e se divirtam.

E a vida segue...

Amanda Martins 13 de junho de 2011 09:53  

Olá, também acompanho seu blog e acho que você não deve separar nada não, afinal, o blog é seu. Acho que tudo o que você considera importante você deve postar, se alguém não gostar é só não ler.
Um abraço e tomara que você possa dormir logo!

Nossa Terra Prometida 13 de junho de 2011 13:35  

Oi Paty!
Sim, continue escrevendo sobre maternidade! Ainda não sou mãe, mas pretendo ser num futuro próximo, e suas dica são valiosas! Então, acho legal criar um cantinho do blog para esse tema. Obrigada!
Outra coisa, sobre o TFI. Que legal! Vamos começar a nos preparar para o TFI, mas é bem difícil achar qualquer coisa para estudar. Aqui em Brasília, não achei nenhum livro (nem Cultura, SBS, Fnac..), estou tentando achar algum simulado. Consegui baixar um guia, com um teste e o audio. Caso vc queira, me avise!
Poxa, fazer de graça aí! E aqui em Brasília é R$196,00 e só faz em uma escola! Agora fico pensando se vale a pena esperar... Mas já estamos esperando tanto por aqui! rsrs.
Beijos!

Fabi 13 de junho de 2011 14:38  

Oi! Acho que você deve escrever o que quiser, afinal, como já comentaram, o blog é seu..e assuntos de maternidade no Canadá me interessam muito!! Se Deus quiser ano que vem estaremos indo morar em Gatineau com nossa filhinha e é muito bom saber como as coisas funcionam por aí para quem tem filhos.
Beijos e tudo de bom!
Fabi

Elaine 13 de junho de 2011 15:09  

Oi Paty! Concordo com a maioria dos comentários anteriores, afinal de contas a maternidade pode chegar pra qualquer mulher de modo inesperado, seja no Brasil ou no Canadá. Em solo verde e amarelo temos noção de como proceder, mas ai, em solo branco e vermelho... Suas dicas e orientações são mais que especiais!
Ah! E bons preparativos pra vir como TURISTA ao Brasil! Felicidades a você, seu amado, a Bebella e a Pucca! :))

Lu 14 de junho de 2011 09:35  

Oi Pati, td bom? Tava lendo o q vc comentou la no blog. O Uri tbem dava um mega trabalho com as sonecas durante o dia.. hoje em dia ele demora pra adormecer (a noite nao), mas pelo menos na soneca do meio dia, ele dorme umas 3, 4 horas, e depois nao dorme mais ate a noite (bom, mas ai eh querer demais, ne?). Entao, o q melhorou foi eu dar uma mamadeira de LA por volta do meio dia, e logo em seguida um banho. Nao igual o da noite, pra ele nao confundir, sem balde, sem massagem, rapidinho so pra relaxar e dar uma cansadinha. Ai eu ligo aquela girafa q faz barulho pra dormir (sabe qual eh?) e ele acaba dormindo. Qdo eu vejo q a girafa parou de fazer barulho 9ela para sozinha), eu entro no quarto, ligo ela de novo, as vezes ponho a chupeta q caiu, e ele embala de novo. Ou seja, ele nao chega a acordar, mas eu ja me garanto.. hehe. Tbem eu o canso MUITO de manha, fica no chao brincando mto, acho q ajuda.

Qto ao hotel, olha, ele demorou pra pegar no sono na cama, mas qdo pegou, dormiu na boa. Eu levei travesseiro, brinquedinho, colcha, um paninho com o cheiro daqui de casa, td pra ajudar. Na 1a noite ele olhava td maravilhado, mas no fim dormiu, na 2a noite ele tava tao cansado por nao dormir o dia td, q ai ele capotou. O problema maior foi ele nao dormir de dia, isso me incomodou mto! Mas a noite nao foi tao ruim.

Beijos e boa sorte

Nossa Terra Prometida 14 de junho de 2011 11:31  

Oi Paty. Obrigada pela mensagem lá no blog..Eu sei, um dia a espera acaba!!!
Quero sim que vc dê notícias sobre a Copa Airlines, será ótimo conhecer essa nova opção.
Sobre o TFI, me dê notícias também, por favor! Como eu te falei, se vc tiver algum material como simulados, exercícios, ou livros para indicar, me avisa?! Está tão difícil de achar por aqui!
Beijos.

Around Myself 14 de junho de 2011 12:08  

Paty,

Adoro o seu blog, sempre leio ( apesar q nao comento por falta de tempo mesmo ) e sua vida agora eh aqui com todas as descobertas, filhos, clima e tudo se passa no Canada. Nada mais sensato do que continuar escrevendo da maneira que voce faz...

bjs
Ninha

www.brunahuguenin.blogspot.com

Paola Tavares Silva Wortman 15 de junho de 2011 04:10  

Oi Pati! gosto da maneira como vc escreve ... independente do que seja. e acho que maternindade no canada tem tudo a ver com imigracao, afinal tantas mulheres chegam ai com recem-nascidos, gravidas ou cm filhos pequenos ... e o que fazer e como fazer com os pimpolhos tem tudo a ver com imigracao. encontrar produtos e acessorios para nenem seria uma pesquisa alaloga a como encontrar escola ou ate mesmo emprego. e informacao sobre algo que a gente desconhece. por favor, maos no teclado! rsrsss ...
sobre dormir uma noite inteira ... nao se preocupe. vc ainda esta no comeco, depois vc se acostuma a "funcionar" com o "sono picado". eu particularmente sou bem natureba e nao gosto de impor meu ritmo e necessidades ao bebe. procuro, de forma natural, criar uma rotina, mas isso requer muita discilplina e dedicacao. nem sempre e facil. ate hoje faco isso, mas as vezes nao vai de encontro com nossa vontade te vivermos uma vida/horarios de adultos. por ex. nunca saio de casa se sei que nao poderei manter a rotina de fim do dia (18:00 jantar, depois banho,entre 19:30 e 20:00 toque de recolhida). nao e facil pois requer sempre estarmos meu marido ou eu em casa com elas e nao podemos sair os 2 juntos a noite. qq programa a 2 fica pendente de tiramos um dia de folga no trabalho e sairmos no hroario que elas estao na escola. mas em compensacao nao tenho problemas de manha, elas acordam descansadas, com muita disposicao, nao demoram pra adormecer a noite ... enfim, o organismo delas eta acostumado.
deus sabe o que ira acontecer quando chegarmos no canada, mudanca de fuso horario e a reconstituicao da nova rotina.
bom, ja me esntendi demais ... super beijos!!!

Pat 15 de junho de 2011 12:43  

De Pat para Pati ou Paty (?...), escreva o que quiser e da maneira como achar melhor. Como a maioria, concordo que você escreve bem e gosto (por isso mesmo) de acompanhar seu blog. Ah! Sim, me interesso pelas notícias sobre maternidade, quem sabe um dia estarei sem dormir também. Ficarei feliz em saber que não estou só.
Um abraço,
Pat ;D.

Cândice 16 de junho de 2011 13:54  

Olá paty,
A maneira que você leva o seu blog é muito boa! Não precisa mudar nada. Se fosse possível, gostaria que você falasse como está sendo a adaptação do seu marido no mercado de trabalho. Não falar sobre a área dele em si, mas todo o aspecto cultural, a língua, as escorregadas que o imigrante dá. Assim como vocês, eu e meu marido estavámos preparados para o processo federal e agora estamos estudando francês para o processo de Québec. Estamos numa insegurança danada porque estamos apredendo desde o alfabeto e como em 2012 vai ter mudanças, vamos dar entrada este ano.
Agradeço desde já!
Abraço.

Anônimo 18 de julho de 2011 15:21  

Oi Paty,parabéns pelo seu blog,há muito tempo que acompanho,gostaria de saber se curso técnico feito aqui no brasil é válido ai no canadá e se a área de téc.em radiologia é promissora.bjoss no coração e deus abençõe sua familia

Pati 22 de julho de 2011 22:00  

Oi Anônimo, curso técnico em radiologia? Olha, para ser bem sincera, não tenho a menor ideia! Provavelmente sim, mas isso deve depender da província para onde você pretende ir, já que cada um legisla sobre esse assunto de uma forma diferente. boa pesquisa e obrigada pela mensagem!

  © Free Blogger Templates Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP