A saga da chegada

>> 26 de julho de 2010

Chegamos aqui no sábado e as primeiras impressões da cidade não poderiam ser melhores. Mas quem disse que ia ser fácil? Quase ficamos no Brasil! Aí vai um resumo da nossa odisséia e da nossa experiência até aqui:

O embarque
Chegamos com uma antecedência maior ao aeroporto em Brasília porque tínhamos que pagar a taxa de embarque da Pucca. Foi aí que tivemos a feliz surpresa de sermos informados que nossa passagem tinha sido emitida para o dia 23 de JUNHO e não JULHO. Imaginem o pânico... Liguei para a agência que fechamos a viagem para saber o que tinha acontecido e a atendente foi tentar emitir outro bilhete às pressas. Ela não achava vaga, não conseguia confirmar a Pucca... Um desespero! Achei que o marido fosse ter um ataque cardíaco de stress, mas no fim tudo funcionou. Foi mesmo um milagre, porque atrasamos o vôo inteiro para SP, foi uma mega correria e nem conseguimos abraçar a família e os amigos no aeroporto. Mas embarcamos e chegamos em SP a tempo do check-in para a Air Canada. Como as nossas passagens foram emitidas minutos antes de irmos, os assentos eram sempre os piores possíveis. Em SP eram separados e no vôo para Toronto, eram na última fileira, logo do lado do banheiro. Bem, o que importa é que no fim das contas viemos. Fui conferir meus emails para a agência e vi que o erro foi deles, mas nosso tb. Desde o começo eu pedi a cotação de passagens para JULHO, e nas primeiras mensagens ela mandou a cotação com a data certa, mas quando resolvemos a data do dia 23 ela mandou a cotação com data de JUNHO e nem prestamos atenção... Tivemos que pagar uma taxa extra no dia, mas na hora do aperto nem nos preocupamos. Agora vamos ter que correr atrás daqui para tentar resolver a situação.

Air Canada
Realmente confirmei o que tinha lido sobre a companhia. Eles são bem simples, o vôo é apertado e cansativo mesmo. A comida não é nenhuma beleza, mas tem sempre aquelas telinhas que ajudam a passar o tempo com filmes e outras distrações. Estávamos meio tensos com a situação e com a Pucca, então não deu para dormirmos muito. No fim chegamos à Toronto com folga e o vôo para Ottawa atrasou um pouco. Esta parte final foi mais tranquila e o vôo estava mais vazio.

Pucca
Ela foi uma fofa e me surpreendeu. Deu para notar que o vôo foi extremamente cansativo para ela, mas ela só se inquietou no final... Nós levamos ela para a grama em SP e depois no meio do vôo para Toronto levei a caixinha para o banheiro para ver se ela fazia mais xixi. Não funcionou porque ela esava meio assustada, mas bebeu um pouco de água. Antes de passarmos pela imigração demos um pouquinho de água e uns grãozinhos de ração e já na espera pelo vôo para Ottawa levei ela para usar o tapete... Mas ela tb não quis. Daí quando chegamos aqui, aí sim, de volta na graminha ela se aliviou. Já no hotel ela dormiu praticamente o dia inteiro, mas agora já está inteira de novo. Se eu encaro outra viagem dessas com ela? De jeito nenhum, agora ela fica velhinha no Canadá mesmo! Não vale a pena o estresse para ela.

A imigração
Chegamos umas 6h da manhã e todo o processo levoou no máximo uns dez minutos. Só fornecemos algumas informações, o oficial conferiu os documentos, assinamos os formulários da residência permanente e nem "bem-vindos ao Canadá" teve. O nosso oficial estava meio sonolento, mas em nenhum momento foi mal educado ou nada do tipo.

Chegada
Temos muito o que agradecer aos nossos amigos Rodrigo e Ilsa que, mesmo tendo chegado aqui a tão pouco tempo, nos ofereceram toda a ajuda possível. Nos buscaram no aeroporto, prepararam um ótimo almoço e ainda nos apresentaram o tudo o que sabiam da cidade. Não vou me esquecer dessa acolhida tão importante e sugiro aos que cheguem que tenham pelo menos alguém para esperar no aeroporto... Porque chegar assim de mala, cuia, cachorro e neném na barriga sem ver nem um sorriso amigo seria muito mais pesado.

Acomodações
Inicialmente ficaríamos em um homestay de um casal de brasileiros e depois na casa de amigos. Mas no fim nada disso funcionou por imprevistos diversos e acabamos fechando um hotel que aceita animais para a primeira semana. Conseguimos uma boa tarifa e a localização é excelente. Eu estava chateada em gastar um pouco mais nesse começo, mas chegamos tão exaustos que no fim acho que valeu a pena. Deu para vermos alguma coisa no sábado mas aproveitamos o domingo para dormir. Ainda visitamos uma igreja em Ottawa com o Rodrigo e a Ilsa e gostamos muito.

Gatineau
A minha primeira impressão é de que a cidade é muito mais bonita que nas fotos... Tudo é bem espalhado por conta da união dos cinco distritos que formam a cidade e gostei da região de Hull. Há muitos parques e como chegamos no verão, todas as paisagens são lindas. Visitamos a região do Plateau no sábado e o bairro é muito bonito e agradável. Inicialmente estamos procurando um apartamento por lá. Não deu para conhecer muito Ottawa, só a região mais perto do Parlamento e nos disseram que o centro de Ottawa não é uma das melhores regiões. Mas mesmo assim achamos essa parte bonita e gostei da parte do comércio. Depois preciso dar umas voltas por lá com mais calma.

Idioma
Até agora o inglês não tem sido problema e usamos bastante, até mesmo em Gatineau. Já o francês... Ainda não deu para acostumar. O sotaque é mesmo bem diferente. Já dei entrada na francisação, mas acho difícil conseguir turma na vaga de agosto. Vamos tentar!

Gravidez
Viajar grávida e andar por aqui nessa correria tem seus inconvenientes... Eu ainda estou naquela fase de enjoar e vomitar então não tenho a mesma disposição de antes, por isso preciso respeitar meu tempo. Até onde experimentei, a comida aqui é bem temperada e não é tudo que consigo comer por conta do enjôo. Mas vamos levando, um dia de cada vez. E eu sigo torcendo para que essa fase passe logo e eu seja úma grávida que consegue comer bem! Ainda não tive muitas informações sobre o meu pré-natal aqui, mas espero tirar algumas dúvidas ao longo da semana.

---

Ainda há muito para contar e não vai faltar assunto por aqui. Amanhã temos um rendez-vous no MICC e também vamos tentar comprar celulares e ver mais apartamentos. Já demos entrada na tradução das nossas carteiras de motorista na embaixada e fica pronta em três dias. Aos poucos vamos nos ajeitando.

Mais uma vez obrigada pelos comentários no post anterior, vou tentar ir respondendo à medida que o tempo der, porque quando chegamos tudo o que queremos e resolver a vida e o dia é mesmo bem corrido. Espero que possa voltar contando que já achamos um canto para chamar de nosso!

21 comentários:

Lupatinadora 27 de julho de 2010 00:03  

Oba, primeiro comentário!

Caraca, que sufoco! Vocês embarcando com um mês de atraso, rs rs rs! Eu prefiro fazer minhas reservas etc sozinha, assim a culpa é só minha. Mas que bom que deu certo - agora eu cobraria a taxa da agência que fez a caca.

Que bom que com a Pucca pelo menos tudo foi tranquilo. É muito mais sossegado ir com o bichinho na cabine realmente.

O meu marido não quer mais ficar na casa do meu tio quando chegarmos - eles já estão em 5 lá em 2 dormitórios, mais eu, marido e cachorro. Aff! Começamos a pesquisar apês sublet no Craigslist - ainda não achei hotel pet-friendly em Toronto por um custo razoável.

Seguimos aqui aguardando as novidades!

bjo

Diário Canada Brasil 27 de julho de 2010 00:10  

Nossa! Que correria gente,nem consigo imaginar o desespero. Que luta!
Mas graças a Deus que o destino final chegou e tudo bem com vcs.

Que Deus os abençoe ricamente.

PS: os voo na air canada não foi bom, mas por causa do lugar não foi?
Fpoi classe economica? so ouço falar muito bem da air canada.

Bjos

marlonguerios 27 de julho de 2010 08:18  

Nós fizemos o landing agora em julho e tambem ficamos em Ottawa. Gostamos muito, conhecemos muitos canadenses e brasileiros, mas ja voltamos ao Brasil. Vamos definitivamente no proximo ano. Boa sorte pra voces!

Um dia... Aline... no Québec 27 de julho de 2010 11:50  

Oi Pati!

Que bom que os 4 chegaram bem, apesar dos imprevistos. Aliás, o que seria de uma viagem como essa sem um imprevistosinho sequer, né?
Bom, aproveitem esse comecinho de Canadá e que tudo dê certo pra vocês.

Beijão

Karinny 27 de julho de 2010 12:14  

Sejam bem vindos! Estamos indo pra NY amanhã e voltamos na segunda, mas vamos começar a planejar um enconrtrinho e doggy-play-date no parque! Ah e o centro de Ottawa é lindo é maravilhoso, não vá pela cabeça de gente limitada, variedade e diversidade fazem a cidade mais interessante, tem que fuçar tudo mesmo, mercado, ruazinhas, lojinhas.

Beta 27 de julho de 2010 12:33  

Pati, muito bom saber que no final deu tudo certo. Deus providencia tudo!
Sejam muito felizes aí, que Deus dê força para que vençam todos os desafios que irão surgir.

Continue nos mantendo informados sobre a vida de vocês e principalmente sobre o baby!

Mil beijos
Beta

Daqui 2 meses estarei por aí...

Bea 27 de julho de 2010 13:12  

Pati, que coisa essa das passagens com data de junho heim? Nossa, mas ainda bem que deu tudo certo. É muita tensão essa viagem longa. Nós tb viemos de AC e tivemos uns contratempos chatos mas no final td deu certo.
A comida por aqui é bem diferente no tempero mesmo, no nosso 1o mês eu me sentia sempre enjoada, mesmo não estando grávida, pq achei td muito gorduroso. Mas depois que conseguimos nossa casinha, agora posso cozinhar do meu jeito então a nossa "dieta" tá normal agora. Gordura só quando queremos mesmo, tipo, pizza!
Mas vc deve respeitar seu tempo, como vc disse, e seu organismo. Tudo muda qdo estamos grávidas...
Enfim, mais uma vez, sejam bem vindos, tudo de maravilhoso pra vcs e já sabem que em MTL vcs tem um lugarzinho né?? :)

Bjosssssss

merciquebec 27 de julho de 2010 13:21  

oi pati, q bom q tudo se ajeitou no final...q tensão!! vamos acompanhando daqui...aproveitem muito e fiquem com Deus! Estamos na torcida por vcs. bjokas=0)

Anônimo 27 de julho de 2010 13:40  

Oi Pati!

Que bom que chegaram bem!
Deus abençoe esse tempo, e mande notícias da Isabela sempre que puder.

Mande um abraço pro Flávio.

Um abração pra você!

Dani, Michael e Rebeca

Zuzus 27 de julho de 2010 14:13  

Oi Pati! Que bom que no final tudo deu certo! Agora é respirar fundo para recuperar o fôlego e seguir!
Depois conta pra gente como foi o embarque da Pucca: houve conferência do tamanho da casinha, peso e medidas dela, etc. (mas não tenha pressa, sei quantas coisas mais importantes vc tem para fazer por aí).
Sucesso!
Grande beijo,
Zuzu.

Paola Tavares Silva Wortman 27 de julho de 2010 15:20  

pati, que bom que tudo correu bem. viajar de aviao gravida nem sempre e facil e especialmente com o rango do aviao ... fico feliz em ver que mesmo com todos os imprevistos vc esta sempre positiva. parabens! e sejam muito felizes ai! beijos, paola

Silvania 27 de julho de 2010 16:11  

quando vc só enxergar uma nuvem escurecida em cima da sua cabeça, pare, relaxe um pouco, repensa os próximos passos e verá os resultados.
Como vc já pensa dessa forma, já viu que depois da tempestade vêm a bonança o alívio é automático e está vendo que o "bicho papão" não é tão feio assim.
Parabéns, sucesso nessa nova vida que está começando (sentido duplo, ok)
Bjos,
Silvania

Jhon 27 de julho de 2010 16:30  

Patiiii!!!!! Realmente a comida do vôo da Air Canadá não é lá essas coisas (além de ser tudo apertado mesmo), mas com vc grávida e enjoando não ia conseguir comer muita coisa rss.

E apesar de tudo o q vc falou, os seus dias estão fluindo mesmo, ne? Já deram entrada em bastante coisa, muito bom!

Logo logo as coisas vão caminhando mais calmas, fique tranquila.

bjao

Carol e Luciano 27 de julho de 2010 19:39  

Oi Pati,

que bom que deu tudo certo no final e que a Pucca tb esta bem, a Neve demorou um pouco para ficar "normal" e concordo com vc quando diz que pro animal voltar pro Brasil só em último caso a viagem pra eles é muito estressante.
Boa sorte na busca de apto. Vamos combinar algo, escreve no meu blog uma forma de contato, pq não publico.
BJs

Jorge 27 de julho de 2010 23:32  

oi Pati....

Eu sabia que daria tudo certo no final pra vcs... Vida de imigrante é assim mesmo.. Cheia de obstáculos e surpresas.. Mas imigrar não é fácil não, senão todo mundo imigraria, mas com nossa motivação a gente pode superar tudo isso.

Eu tb já relatei minha chegada em Montreal no meu blog... depois olha lá minha experiência.

Bjos!!!

Jorge Uvo
http://uvosnumafria.blogspot.com/

Patinha. 28 de julho de 2010 02:51  

Puxa, não havia lido essa sua postagem..que doideira essa das passagens, é de surtar qq um num momento desses!!
E vc ainda por cima grávida? és uma heroína!!

Mas que bom estarem gostando de Gatineau, essa proximidade a Ontario só pode ser boa, com o tempo vai ver que tem algumas vantagens.

Um abraço e muito ,mas muito boa sorte e proteção Divina em seu novo começo de vida!

Bjs.

DiPE 29 de julho de 2010 15:32  

Que legal que vocês já chegaram e está tudo bem! Parabens pelo bebê! Se Deus quiser, ano que vem eu estou chegando a Montreal com minha familia também.
Bjos e muita sorte!

Priscila.

ChivCan 30 de julho de 2010 00:54  

Bemvindos a Gatineau, nos ja fizemos 3 meses aqui e estamos gostando muito!

Ju 30 de julho de 2010 01:07  

Oi,

Eu moro em Gatineau a um ano e antes morei em Ottawa tb por um ano. Gatineau tem suas vantagens: aluguel mais em conta e curso de franc6es oferecido pelo governo com ajuda de custo...porém...o sistema de saude de Gatineau é pra lá de terrível, é praticamente impossível conseguir médico de família por aqui, todos que conheço só conseguem médico de família em Ottawa, e é aquele esquema: vc paga em cash e depois o governo do Quebec te reembolsa, o reembolso nunca é total e costuma demorar um pouco. Eu moro no Plateau e amo morar aqui, mas arrumei um médico de família em Ottawa, depois que vi que era impossível ter médico de família aqui e que uma consulta com especialista ou agendamento de um simples exame pode levar mais de 6 meses. Experiência própria. A emergência dos hospitais são bem lotadas tb, e já vi gente dizendo que esperou 9 horas pra ser atendido. Mas como disse tem suas vantagens, nós não falávamos nada de francês e estamos fazendo a francisação que é muito boa, tanto se tratando dos professores quanto das instalações...mas enfim, achei bom te alertar por causa da gravidez e pq sei que vc vai precisar de atenção médica e seria bom vc colocar isso na balança. Se vcs não se importarem de ter que ir pra Ottawa e pagar pra usar o sistema de saúde de lá, Gatineau é uma ótima escolha. Aliás, tem vários condos pra alugar aqui por perto, a maioria nem anuncia mas geralmente tem plaquinhas de "aluga-se" com o número de telefone, aqui no Blvd do Plateau tem pelo menos 3 que eu vi recentemente.

Sejam bem-vindos!

Alan e Claudia 30 de julho de 2010 18:20  

Oiieee...nossa que bom que tudo esta se ajeitando neh!!!ficamos daqui do Brasil esperando o pedido dos exames e na torcida!!!bisosusss

Famille Oignons 30 de julho de 2010 23:21  

Que Deus os abençoe na nova vida! Desejamos que o melhor aconteça sempre a vcs! Abração!
Famille Oignons

  © Free Blogger Templates Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP